sábado, 5 de março de 2011

Polícia de Campina Grande-PB registra três assassinatos em seis horas

Três pessoas foram assassinadas em Campina Grande num intervalo de seis horas na quinta-feira (3). Em um dos casos, uma menina de 10 anos presenciou tudo. O crime aconteceu às 19h no bairro do Monte Santo, e teve como vítima o desempregado José Carlos de Oliveira, de 49 anos. Parentes disseram que ele estava encostado no muro de casa com a sobrinha quando homens armados o arrastaram para a sua e o executaram.
Nada foi levado de José Carlos. A família disse não ter ideia dos motivos do assassinato. Apesar da falta de informações, a polícia acredita que o crime tenha sido motivado por acerto de contas. A principal suspeita é de que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas no bairro.
Mais cedo, às 13h, o preso do regime semiaberto foi morto no bairro Santa Cruz. Cristiano Araújo da Rocha, de 37 anos, foi abordado logo depois de sair do trabalho numa construtora para almoçar. Ele foi executado com cinco de pistola na cabeça e nas costas, disparados por dois homens que fugiram em uma motocicleta preta.
Segundo a polícia, o crime pode ter sido uma “queima de arquivo”. Cristiano cumpriu pena de um ano e meio no presídio de Catolé do Rocha, condenado por assalto. A Polícia Federal o investigada pela suspeita de participação em assaltos a agências bancárias.
No mesmo dia, por volta das 18h, a Delegacia de Homicidios registrou a morte de Wanderson dos Santos, de 17 anos, no bairro da Glória. Ele foi atingido por tiros de espingarda calibre 12 na cabeça. Segundo a perícia, também havia marcas de perfurações pelo corpo.
A polícia apurou que o rapaz morava em Brasília e havia chegado à Paraíba há cerca de uma semana. Ninguém foi preso.

Karoline Zilah
Com informações da TV Paraíba

Fonte: PB1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário