sábado, 25 de fevereiro de 2012

Santa Cruz - RN: Operação policial prende 17 por tráfico de drogas

O município de Santa Cruz, distante 111km de Natal, foi palco de uma ação da Polícia Civil que durou toda a manhã de ontem e terminou com 17 pessoas presas, 90 pedras de crack, uma arma e várias munições apreendidas. A chamada "Operação Pedras do Paraíso" foi deflagrada pela Delegacia de Polícia do Interior (DPCIN) e contou com a participação de 90 policiais. A quadrilha era investigada desde o ano passado e agia principalmente no bairro Paraíso, conhecido como ponto de venda e consumo de drogas no município localizado na região do Trairi do Rio Grande do Norte.
A investigação contou com ajuda de agentes da Delegacia de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), Delegacia Especializa em Narcóticos (Denarc), Delegacia de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov), 4ª DP e 9ª DP de Santa Cruz. De acordo com o titular da DPCIN, José Carlos de Oliveira, a operação é fruto de uma investigação que durou cerca de quatro meses. "A delegacia de Santa Cruz recebeu a denúncia do Ministério Público em novembro passado. Foram feitas filmagens que mostraram um dos membros da quadrilha vendendo drogas. Fizemos várias diligências, interceptações telefônicas e resolvemos agir hoje [ontem]", disse.

A investigação, segundo o delegado, ainda está em andamento. Ontem, os policiais saíram com 19 mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça. Conseguiram cumprir 17 deles. Dos acusados detidos, cinco foram presos em flagrante e entre eles estava Fernando Assis Carvalho Damasceno (Fernando do Açougue), 54 anos, único com mandado de prisão preventiva. Em posse do acusado, a polícia apreendeu um veículo modelo Gol roubado e vários objetos sem nota fiscal. O acusado possui alguns imóveis em Santa Cruz e uma casa no bairro Mirassol, em Natal. "Temos certeza que Fernando era o cabeça da quadrilha. Ele era o responsável em repassar as pedras de crack para os demais integrantes. A quadrilha agia há muito tempo na cidade", disse José Carlos.

Com outros integrantes do bando foi encontrado uma arma calibre 22, munição e R$ 4.500,00 distribuídos em cédulas de vários valores. No momento da ação, a acusada Betânia Lúcia Medeiros Targino estava com 30 pedras de crack dentro da vagina. Diego Aloair da Costa Lima, 27 anos, portava um revólver calibre 22 e munições, por isso, vai responder por porte ilegal de armas. Já Josinaldo Teófilo dos Santos confessou ter cometido um furto à uma cigarreira na noite da última quinta-feira. O adolescente apreendido é conhecido como "Lanterninha".

Segundo o Delegado Geral de Polícia Civil, Fábio Rogério da Silva, outras operações com o mesmo objetivo serão realizadas no interior do Estado. "Até o final do ano, vamos realizar outras operações de mesmo caráter. Nosso objetivo principal é combater o tráfico, tirando de circulação estes bandidos e desarticulando as quadrilhas", afirmou.

As mulheres presas ontem foram encaminhadas para a 2ª DP de Nova Parnamirim. Os homens foram levados para Centros de Detenção Provisória (CDPs) diferentes.

Presos na operação "Pedras do Paraíso"

Polícia divulga nomes dos presos na Operação Pedras do Paraíso:

- Aparecido Souza Rosado (Cido): encontrado com R$ 4.500,00 em cédulas de vários valores;

- Betânia Lúcia Medeiros Targino: presa com 30 pedras de crack dentro da vagina;

- Diego Aloair da Costa Lima: preso, portando arma calibre 38 e munições;

- Ednaldo Confessor de Oliveira (Do Jarro);

- Emanuel Pedro Pereira (Dajá);

- Fernando Assis Carvalho Damasceno (Fernando do Açougue): segundo a 
polícia, é o chefe da quadrilha. Em uma das casas do acusado, foi achado
um carro roubado; 

- Francisco Antônio da Silva (Zinho);

- Francisco Canindé Reinaldo (Chico do Cabelo Sujo);

- Francisco Moura de Souza (Baia);

- Gilliard Silva de Medeiros (Pequeno);

- José Edilson Fernandes Confessor (Gagá): preso com munição e pólvora;

- Josinaldo Teofílo dos Santos (Dabidias): que confessou ter cometido um furto à uma cigarreira na noite da última quinta-feira;

- Manoel Patrício Souza e Silva;

- Paulo Luciano Gomes da Silva;

- Sandra Maria Alexandre de Melo;

- Simone Meire Medeiros Souza;

- Um menor de idade também foi apreendido.

*Fonte: TribunadoNorte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário