quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

PARAÍBA: Quadrilha é presa em megaoperação no Litoral Norte

Material apreendido
Material apreendido (Foto: Lenílson Bala)



















Nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (21), uma operação conjunta entre as policias Civil, Militar e o Centro de Inteligência das cidades de Mamanguape e Rio Tinto, realizaram diversos mandados de busca e apreensão.
Severino do Ramos
Severino do Ramos (Foto: Lenílson Bala)



















A operação policial foi iniciada depois de uma minuciosa investigação e de várias ligações anônimas, que cominou na desarticulação de uma quadrilha que comandava o tráfico de drogas e entorpecentes na cidade litorânea de Baia da Traição. 

Com os acusados a polícia apreendeu pedras de crack, maconha, rádio amador, munição, celulares e uma câmera digital.
Antônio Ferreira e Adriano da
Antônio Ferreira e Adriano da Silva (Foto: Lenílson Bala)



















Ao todo, quatro menores foram apreendidos, além da prisão de sete homens e uma mulher: Severino Ramos da Conceição, 29 anos; Girley Domingos Nascimento, 20 anos; Rosildo da Silva Coelho, "vulgo Dinho", 28 anos; Geraldo Luis Brás, "vulgo Pelado", 29 anos; Antônio Ferreira da Silva, 26 anos; Adriano da Silva, "vulgo Dinaldo", 32 anos; e os irmãos Romonilson Casimiro Conceição, "vulgo Foguinho", 20 anos; e Anailson Casimiro Conceição, "vulgo Fogo", 23 anos. Todos eles são acusados de tráfico de drogas e associação para o crime.
Os irmãos Romonilson e Anaílso
Os irmãos Romonilson e Anaílson (Foto: Lenílson Bala)



















De acordo com o delegado Walter Brandão, a organização da quadrilha era de chamar a atenção:

- “Eles usavam rádio amador para se comunicarem e observavam a movimentação da polícia na cidade. Agiam de forma programada e instruíam menores para delitos. 

- A polícia está na rua fazendo o seu papel, é muito bom ter a parceria da sociedade”, afirmou.

Os acusados foram levados para delegacia de Mamanguape.
 
Do blog com Portalcorreio e blog do Lenílson Bala

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário